Planeta Herois

Planeta Herois
Cartel PH

ESPIÃO PH

Planeta Heróis Show

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Galeria dos Vilões: Senhor do Tempo



Senhor do Tempo é um personagem fictício dos quadrinhos da DC Comics, um super-vilão inimigo da Legião dos Super-Heróis. Quando o personagem apareceu a primeira vez numa aventura na revista Adventure Comics #317 (fevereiro de 1964) em uma história escrita por Edmond Hamilton, já havia um personagem similar chamado Mestre do Tempo ("The Time Master") que tinha surgido na revista Wonder Woman #101 (outubro de 1958) numa história de Robert Kanigher. Em Super Friends #17 (fevereiro de 1979) o escritor E. Nelson Bridwell assumiu que os dois personagens eram o mesmo.

Os poderes do Senhor do Tempo são descritos como um vasto controle do tempo próprio. Sua base é localizada no fim dos tempos.

O Senhor do Tempo era originariamente um estranho conquistador guerreiro de um futuro extremamente distante, bem além da época da Legião dos Super-Heróis. Em sua primeira aparição ele criou uma "Cortina de Ferro do Tempo" que impedia a Legião de viajar ao futuro. Ele comandava um grande número de escravos e tinha uma guerreira chamada Glorith que mais tarde assassinou por ter falhado em derrotar os legionários.

Por razões desconhecidas, o Senhor do Tempo (na encarnação de Mestre do Tempo) apareceu em 1958 para desafiar a Mulher Maravilha e o coronel Steve Trevor por meio de uma "Casa Maluca Diabólica" de Parque de Diversões. A Mulher Maravilha e Steve Trevor foram transportados pelo vilão para várias situações de desastre através do tempo até que conseguiram vencer o inimigo. Derrotado, o vilão desapareceu, provavelmente voltando para detrás da "Cortina de Ferro do Tempo".

Em fevereiro de 1979, o Senhor do Tempo voltou para enfrentar os Super Amigos. Ao investigar o criminoso, a Mulher Maravilha sugeriu que o Mestre do Tempo e o Senhor do Tempo fossem uma mesma pessoa. Superman deduziu que o Senhor do Tempo queria espalhar todos os super-heróis através do Tempo, particularmente a Legião dos Super-Heróis. O vilão raptou e transportou os Super Gêmeos para o passado, aprisionando Jayna em Krypton e Zan num planetra aquático próximo da estrela Neryla. Com a ajuda da Rainha Hipólita, os Super Amigos se dividiram em pequenas equipes e localizam e resgataram os Super Gêmeos. Retornando ao presente, os Super Amigos derrotaram o Senhor do Tempo que então desapareceu. Superman acreditava que ele fora aprisionado pelos Controladores do seu mundo.

Depois foi revelado que o Senhor do Tempo era membro de uma fascista mas bem-intencionada espécie de Controladores. O Senhor do Tempo foi derrotado pela Legião e acreditou-se que sua ameaça terminara quando o vilão Darkseid retirou quase todos os poderes dele durante a Saga das Trevas Eternas.

Em histórias que recontavam os eventos, o Senhor do Tempo não era mais inteiramente um Controlador, com mudanças em sua origem. Essas origens envolvem Cósmico Lori Morning, Superboy Prime e uma encarnação da Entropia do Universo, que dominara o Controlador.

Uma das mais notáveis histórias com o Senhor do Tempo foi logo após o término da Crise das Infinitas Terras: em 1986 houve a reformulação da Origem do Superman e Superboy foi removido da história da Legião. Isso causou problemas com a continuidade dos heróis do futuro e então se revelou que o Senhor do Tempo havia criado um universo compacto a partir de uma fatia de tempo no passado e alterou os eventos para criar uma Terra Pré-Crise, com seu próprio Superboy. O vilão manipulava as viagens no tempo da Legião, que era enviada para o Universo Compacto e encontrava o Superboy daquele mundo (que também viajava até o futuro para se encontrar com a Legião).Superboy morreu ao salvar Superman e os Legionários do Senhor do Tempo. Mas não havia no Universo Compacto uma Super-Moça Kriptoniana (que conhecera o Superman já adulto) e isso não resolvia os problemas de continuidade da Legião. (O "universo compacto" mais tarde foi revisto e criou-se uma origem para uma Super-Moça não kryptoniana chamada Matriz).

Quatro legionários (Dama Dupla, Brainiac 5, Satúrnia e Mon-El) reuniram-se contra o Senhor do Tempo para vingarem a morte de Superboy do Mundo Compacto, contrariando os regulamentos da Legião. Eles invadiram a fortaleza no final dos tempos e destruiram o vilão usando os poderes do Homem Infinito. No ataque, a Dama Dupla perdeu seu segundo corpo (mudando depois seu nome para Una) e Mon-El entrou em coma.

Seguindo-se um intervalo de cinco anos na história da Legião, Brainiac 5 descobriu que a essência do vilão estava viva na mente de Mon-El. Mon-El tinha assassinado o Senhor do Tempo no Universo Compacto e com isso a Legião não tinha se formado. Sem o grupo para impedí-lo o mago Mordru dominou o universo.Glorith usou de magia para tomar o lugar do Senhor do Tempo na história e causar o surgimento da Legião: assim descobriu-se que fora a vilã quem engendrara a criação da Legião diante do inevitável aparecimento de Mordru. Essa versão da Legião foi totalmente reformulada após Zero Hora, com Glorith desaparecendo da cronologia.

O Senhor do Tempo foi assassinado por Parallax na linha de tempo estabelecida em Zero Hora, mas aparentemente se reconstituiu juntamente com o universo que surgiu no climax da saga.

O Senhor do Tempo havia feito inúmeras tentativas de separar Superman da Legião e o apagou da linha de tempo do futuro. O Senhor do Tempo também se declarou responsável pelo surgimento de diversas encarnações da Legião.

O plano do vilão surtiu efeitos em Final Crisis: Legion of 3 Worlds de Geoff Johns e George Perez. Ele usou o Superboy Prime, visto como um Superman corrompido, como ferramenta para destruir a ligação entre Superman e a Legião. Nessa linha de tempo a encarnação do Senhor do Tempo é revelada como na verdade um Superboy Prime mais velho.[12]

Ele levou Superman e os legionários fundadores para o fim dos tempos e tentou matá-los. Mas, durante a batalha, Satúrnia percebeu a cicatriz do "S" no peito do vilão. Brainiac 5 então teorizou que o vilão era uma entidade alternativa, uma cronologia consciente cuja identidade mudava constantemente conforme as suas múltiplas encarnações. Isso significaria que ele não conseguia discernir completamente sua própria história das centenas de futuros que ele avistara. Os legionários combinaram seus poderes e trouxeram vários legionários alternativos. O Senhor do Tempo tentou convencer Superboy Prime a se aliar a ele e destruir a Legião. Prime recusou por acreditar que o Senhor do Tempo era ele mesmo no futuro e o atacou num clarão cego que o enviou para o passado da Terra Prime e destruiu aquela encarnação do Senhor do Tempo.

Poderes e Habilidades

O Senhor do Tempo possui controle completo do seu próprio tempo. Ele consegue congelar, alterar e separar partes do tempo, criando suas próprias dimensões compactas. Ele não é capaz, contudo, de alterar os eventos do presente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário