ESPIÃO PH

Planeta Heróis Show

sábado, 20 de outubro de 2012

Vilões da Liga da Justiça - Sem Limites - Parte 2



Félix Fausto

 Felix Fausto é um dos vilões de quadrinhos produzidos pela DC Comics. Ele é um feiticeiro inimigo da Liga da Justiça.

Origem

 Um dos mais poderosos inimigos da Liga da Justiça. Estudou línguas mortas em Vienna, arqueologia em Londres, história em Sorbonne; visitou as ruínas de Ur e Lagash na Caldéia, famosa por seus magos... Conseguiu também uma cópia do lendário Necronomicon, livro de magia negra escrito por Abdul Alhazred, um árabe. Com todas as pesquisas, Fausto conseguiu conjurar os demônios Abnegazar, Rath e Gast da Dimensão Prisão dos Demônios. O feiticeiro precisava dos artefatos Jarra, Sino e Roda para libertar os perversos seres. Estes advertiram-no de que precisava de superpoderes para poder passar pelos guardiões dos respectivos artefatos. Daí lhe ocorreu a idéia de lograr a Liga da Justiça para conseguir atingir suas metas. A Liga caiu em sua conversa, derrotou os guardiões dos artefatos e os trouxe. Fausto libertou os demônios, mas a Liga conseguiu novamente aprisiona-los.

Poderes

 Felix Fausto possui vastos poderes mágicos. Quando ele tinha conseguido os artefatos Jarra, Sino e Roda, Abnegazar, Rath e Gast aumentaram ainda mais estes poderes, mas era um aumento temporário, uma vez que os demonios foram novamente aprisionados.




Vandal Savage

 Vandal Savage é um personagem de histórias em quadrinhos, e um supervilão do Universo da DC Comics. A primeira aparição de Savage foi em Green Lantern (Vol. 1) #10 em 1943, e foi criado por Alfred Bester e Martin Nodell.

História

 Na pré-história, 25.000 A.C, Savage era um homem da caverna do tipo Cro-Magnon chamado Vandar Adg, líder da Tribo do Sangue, que seria banhado na radiação de um meteorito misterioso, que lhe deu intelecto e imortalidade inacreditáveis. Um observador da Tribo do Urso mais tarde aproximar-se-ia do mesmo meteorito e se transformaria no arquiinimigo eterno do Savage, o Homem Imortal, possuindo o poder de ressuscitar como um personagem novo cada vez que é morto.

 A primeira marca do Savage na “história” do universo DC veio quando um povo tentou e destruiu a cidade perdida de Atlântida. Esse povo se tornou conhecido como Illuminati, que tem Savage como seu líder desde então.

 Ao que parece, Vandal governou centenas das civilizações sob centenas dos nomes. Ele alega ter sido o Faraó Khafre, Alexandre o grande, Julio César, Genghis Khan, Barba Negra, e Vlad III o Empalador (cuja lenda diz que era o Conde Drácula), para nomear alguns. Trabalhou também como amigos e conselheiros aos gostos de Erik o vermelho, Napoleão Bonaparte, Ras al Ghul, Otto von Bismarck e Adolf Hitler.

 Durante a Era de Ouro, Savage lutou contra a Sociedade da Justiça de América. A primeira Aparição na Era de Prata de Savage foi em The Flash (volume 1) #137 em 1962, em que tentou capturar os membros da Sociedade da Justiça atrás de vingança, mas foi derrotado pelos Flashes Jay Garrick e Barry Allen. Savage continuaria a fazer vários ataques à Sociedade da Justiça em outras histórias seguintes.

Liga da Justiça

 Savage apareceu em diversos episódios do desenho da Liga da Justiça, no qual foi dublado por Phil Morris, nos EUA (e por Élcio Romar, no Brasil). Esta versão de Savage, além a ser um imortal, realçou propriedades curativas no estilo Wolverine. Sua origem é a mesma que aquela dos quadrinhos, a não ser a revelação em um episódio que sua idade é metade daquela nos quadrinhos - 25.000 anos.

 A Liga se encontrou pela primeira vez Savage no episódio triplo “nos Tempos de Savage”, quando cria uma maquina do tempo e faz com o Eixo ganhe a segunda guerra mundial. A Liga (menos o Batman), que estava fora do planeta protegida pela energia do anel do Lanterna Verde, não foi afetada pela alteração temporal. Ao chegar na Terra, a equipe descobre o planeta totalmente diferente, sob o poder de um regime totalitário, encontra Batman como líder de uma revolução e descobre que Vandal Savage foi responsável por tudo isso: o vilão enviou um laptop para seu alter ego da época da segunda guerra mundial, com informações, tecnologias do futuro e planos dos Aliados. Este conhecimento e tecnologia permitiram que Savage transformasse a si mesmo na mais alta da autoridade da Alemanha Nazista, colocando Hitler congelado criogenicamente, e assim assumindo o título de Führer. Assim a Liga viaja para o passado para impedi-lo. A Liga, com ajuda dos aliados, consegue impedir os planos de Savage e evita um ataque aéreo surpresa aos Estados Unidos. Nestes episódios a suástica nazista, fora substituída por um símbolo negro semelhante a um raio, o motivo da mudança não foi explicado, provavelmente os produtores mudaram o símbolo para não chocar os telespectores do desenho animado, em sua maioria, crianças. Uma outra explicação para o símbolo é a de que se trata de uma variante da letra S no alfabeto rúnico, como na sigla da organização paramilitar nazista Schutzstaffel, conhecida como SS. No caso do desenho, o S rúnico se referiria ao sobrenome de Savage, refletindo o caráter centralizador e ególatra do vilão.

 A segunda aparição de Vandal Savage foi no episodio "Dama de Honra", em que aparece como namorado da princesa Audrey de Kasnia. Savage disfarçou-se como seu próprio descendente, Vandal Savage III. Casou-se com a princesa Audrey tornando-se principe, e usou a participação de Kasnia no projeto de ajuda a Estação Espacial Internacional, para instalar lá uma arma que desloca meteoros de suas rotas e os dispara com exatidão em qualquer parte da Terra. Com isto, ameaçou o mundo esperando que as nações se cuarvassem à sua autoridade. A Liga (Batman e principalmente a Mulher Maravilha, que se tornou amiga da princesa Audrey) acabou com o plano de Savage outra vez, descobrindo sua verdadeira identidade.

 Sua ultima aparição foi no episodio duplo “No Além”. Superman atingido por uma arma de Toyman, foi jogado para milhares de anos no futuro, onde a humanidade não existe mais, com exceção de Savage, o unico humano vivo. Savage foi o responsável pela destruição da raça humana, ao construir uma máquina que lhe permitia que controlasse a força da gravidade. Uma curiosidade: a tecnologia que lhe permitiu constrir a máquina havia sido desenvolvida pelo cientista Ray Palmer, identidade secreta do super-herói Eléktron, que viria depois a aparecer em Liga da Justiça sem Limites. Com a ausência do Superman, ele conseguiu derrotar a Liga da Justiça. Mas os efeitos colaterais de sua manipulação na gravidade deslocaram a órbita da Terra, matando toda a vida humana, tornando-o o unico sobrevivente. Os séculos do solidão e isolamento fizeram com que se lamentasse de sua louca obsessão por poder. O Superman, sem seus poderes, aceita a realidade e passa a confiar em Savage. Durante a noite, andando pelas instalações de Savage, o herói descobre a máquina do tempo usada no episódio "Nos Tempos de Savage", mas descobre que o gerador que a fazia funcionar havia sido roubado por insetos gigantescos, e que não daria para uma pessoa viajar para um tempo em que já existia (exceto Superman, que era dado como morto no presente). Juntos, os dois decidem ir atrás do gerador para que Superman voltasse no tempo, e impedisse Savage de destruir a humanidade. Após acharem o gerador na caverna dos insetos, Superman recupera o dispositivo e seus poderes voltam no momento crucial, assim conseguindo destruir os insetos, e fugir com Savage. Uma vez operacional a maquina do tempo, Superman despede-se de Savage, e volta no tempo para impedi-lo. O Superman retorna ao presente para a surpresa de todos que o consideravam morto (com exceção de Batman) e parte com a ajuda da Liga para impedir a destruição da humanidade. O Savage do futuro, sentado onde havia a construção em homenagem a Superman, vê sorridente onde a restauração do mundo, enquanto lentamente deixa de existir.




Safira estrela

 Safira Estrela é uma personagem fictícia de quadrinhos da DC Comics, uma super-vilã do Lanterna Verde. Ela era o alterego de Carol Ferris, namorada do super-herói. Na era de Ouro dos Quadrinhos, havia uma versão da vilã, que enfrentava o primeiro Flash (Joel Ciclone).
Origem

 Carol Ferris, herdeira e vice-presidente da Ferris Aeronáutica, foi namorada do Lanterna Verde Hal Jordan. Ganhou super-poderes quando foi escolhida pelas Zamorianas (ex-consortes dos Guardiões do Universo) como sua nova rainha. Elas lhes deram uma jóia que a transformava em Safira Estrela. Nas primeiras aventuras, a Safira Estrela queria obrigar Hal Jordan a se tornar seu consorte.

 Quando transformada, Safira Estrela não tinha lembranças como Carol Ferris, e tornava-se má, com um ódio crescente pelos homens. A jóia lhe proporcionava poderes semelhantes aos dos Lanternas Verdes. Seus combates com Hal Jordan foram inúmeros. Ela foi responsável pela morte da Lanterna Verde de Korugar, Katma Tui.




Arlequina

 Arlequina (Harley Quinn, no original), cujo nome real é Harleen Quinzel, é um personagem fictício, supervilã inimiga do Batman no Universo DC. Não deve ser confundida com a vilã da Era de Ouro, Arlequim (Duela Dent), inimiga e mais tarde esposa do Lanterna Verde (Alan Scott).

 Seu nome é baseado no arlequim e foi proposto pelo Coringa como um trocadilho ao seu nome original, Harleen Quinzel. Isto é explicado no romance gráfico Mad Love, criado por Paul Dini e Bruce Timm em fevereiro de 1994 (depois adaptada na série animada The New Batman Adventures em 1999).
História

Harleen Quinzel destacou-se durante o período escolar como uma ágil ginasta, o que lhe permitiu obter uma bolsa de estudos para estudar Psiquiatria na Universidade de Arkham. Para conseguir boas notas, usou por diversas vezes de artifícios censuráveis, como paquerar seus professores.

Posteriormente, trabalhou como psiquiatra no Asilo Arkham, onde conheceu Coringa, seu paciente. Enganada pela história de que ele havia tido uma infância infeliz, Quinzel apaixona-se profundamente. As autoridades suspeitaram que ela tenha sido a responsável por ajudar o Coringa a escapar por diversas vezes do asilo e, por isso, a aprisionaram. Durante um terremoto em Gotham City, Quinzel escapa da prisão e transforma-se Arlequina, parceira de Coringa no crime. O relacionamento entre Coringa e Arlequina é um dos mais complexos do Universo DC. Ele grita com ela, a agride e a abandona sem aviso quando é necessário, chegando a quase matá-la, às vezes. Porém, ela acredita que ele realmente a ama e que esses atos são apenas brincadeira. Coringa já demonstrou certas vezes ter afeto por ela, apesar de sempre ter um episódio onde ele a maltrata.

No episódio "Harley and Ivy" do desenho animado Batman: A Série Animada, Arlequina está frustrada pelo desprezo de Coringa e, então, resolve roubar o Diamante Arlequim do museu de Gotham City para provar o seu valor. No mesmo instante, Hera Venenosa rouba plantas tóxicas do museu. As duas rapidamente tornam-se amigas e Hera Venenosa a leva para o seu lar, em um local de despejo de lixo tóxico. Hera Venenosa aplica-lhe uma injeção de soro que torna Arlequina imune a todas as toxinas e venenos. Juntas, praticam diversos delitos, ficando conhecidas como as "Rainhas do Crime" de Gotham City. A amizade é várias vezes abalada pelo ciúmes que Hera Venenosa tem do relacionamento entre Arlequina e Coringa.

A revista Batman: Harley Quinn apresenta outra versão sobre a origem da amizade entre Arlequina e Hera Venenosa. Em dúvidas se realmente sente algo por Arlequina ou não, Coringa deixa o seu lado mau prevalecer. Ele a amarra em um foguete, que aterrissa em Robinson Park. Hera Venenosa a encontra e a salva, quando reconhece que se trata da Dra. Harleen Quinzel, que ela conheceu no Asilo Arkham. O plano inicial de Hera Venenosa é matá-la, porém tal idéia foi vencida pela curiosidade. Hera convence Arlequina a contar toda sua história e acaba notando alguma semelhança na história de Arlequina com a sua. Ela oferece ajuda à Arlequina para vingar-se de Batman e do Coringa.




Hera venenosa

 Hera Venenosa (Poison Ivy no original, e alter ego da Dra. Pamela Lillian Isley) é uma personagem da DC Comics, inimiga de Batman. Criada por Robert Kanigher, sua primeira aparição foi em Batman #181 (junho de 1966).

Poderes e Armas

 Ela pode controlar plantas e acelerar ou desacelerar o crescimento das mesmas. É também virtualmente imune a qualquer coisa que os humanos possam considerar letal, incluindo bactérias, vírus, fungos e todos os formulários de venenos. Hera é especialista em plantas e nos venenos derivados delas. Além disso, tem o poder de expelir feromônios do amor e lábios venenosos.

Origem

 Pamela Isley após cometer um roubo, foi envenenada por Jason Woodrue, seu cúmplice, mas a mesma, em vez de morrer, desenvolveu imunidade a todos os diversos tipos de venenos. Sendo assim, ela começou sua carreira no crime utilizando plantas venenosas como armas letais, mas logo começou a ir mais além e passou a atuar com monstros vegetais. Ela também já trabalhou para o governo Americano como Mercenária, em troca, recebeu anistia por seus muitos crimes. Hera Venenosa é uma personagem muito violenta e uma assassina fria e desequilibrada emocionalmente. Possui uma amizade desenfreada com a psicótica Arlequina, depois de Hera a tê-lá salvado, da qual já se aliou muitas vezes em seus crimes e planos macabros. No entanto, Hera venenosa sente inveja da Mulher-Gato e um ódio profundo pela mesma. Ela também sente uma atração forte pelo Batman e um amor destrutivo e sinistro pelo mesmo.




Mestre dos espelhos

 Samuel Joseph Scudder, o perverso Mestre dos Espelhos apareceu pela primeira vez em The Flash vol. 1 # 105 em 1959, onde era a continuação dos quadrinhos do Flash da Era de Ouro, Jay Garrick.

 Durante os tempos do Barry Allen, o Mestre dos Espelhos era um de seus arquinimigos. A história de Scudder começou quando ele trabalhava em uma loja de espelhos, até acontecer um acidente com os espelhos com qual ele trabalhava. Sam descobriu que poderia atravessar os espelhos. Ele usou todos os seus truques, até que nas Crise Nas Infinitas Terras, ele foi assassinado por Krona. Depois disso, o vilão do Flash, o Capitão Bumerangue recolheu suas roupas e usou elas para se disfarçar de Mestre dos Espelhos. A identitade do Mestre foi adotada por Evan McCulloch, e hoje ele está ativo na Galeria de Vilões





Bane

 Bane é um personagem fictício, supervilão inimigo do Batman no Universo DC. Foi criado em 1993 por Chuck Dixon, Doug Moench e Graham Nolan. 

História

B ane nasceu na prisão de Pietra Dura, localizada na ilha de Santa Prisca, no Caribe. Teve de cumprir a prisão perpétua, condenado pelos crimes cometidos por seu pai, o Rei Cobra. Na infância, passou a ser cuidado por um padre jesuíta, que viria a ser assassinado pelo próprio Bane, anos mais tarde. Aos oito anos de idade, cometeu seu primeiro assassinato, matando um criminoso que queria usá-lo como moeda de troca de informações na prisão. Sua única companhia era seu ursinho de pelúcia chamado Osito. O urso possuía um buraco em suas costas, no qual Bane escondia uma faca para usá-la contra qualquer um que tentasse ameaçá-lo.

 Mesmo aprisionado, Bane não deixou de aperfeiçoar suas habilidades naturais: dedicou-se à leitura de diversos livros, modelou seu corpo no ginásio da prisão e aprendeu a lutar para poder se defender de outros prisioneiros. Tornou-se lenda quando passou dez anos na solitária e sair dela são. Em certa ocasião, Bane desentendeu-se com outro prisioneiro e acabou sofrendo um acidente, que o deixou em estado de coma. Teve visões do seu futuro e descobriu que o medo de um morcego poderia impedi-lo de conseguir seus objetivos. Tornou-se obcecado pela leitura sobre Gotham City (lugar que, assim como a prisão, era comandada pelo medo) e sobre seu guardião.

Inevitavelmente, sua resistência acabou chamando a atenção dos administradores do presídio, que o forçaram a tornar-se cobaia em experimentos com uma misteriosa droga viciante, conhecida como Veneno, a qual havia matado todas as cobaias anteriores. Bane sobrevive e tem sua força consideravelmente aumentada. Porém, necessita tomar o Veneno a cada 12 horas (atrávés de um sistema de tubos que bombeiam a droga diretamente para o cérebro), sob pena da reação adversa enfraquecê-lo ao extremo.

 Apesar de ter sobrevivido ao Veneno, Bane fingiu-se de morto para poder escapar, já que a maioria dos mortos do presídio eram jogados no precipício. Lançado ao mar, livrou-se dos acessórios que o prendiam e rumou para Gotham City, com a intenção de destruir o morcego demoníaco que o atormentava em suas visões. Ele estava convencido de que o morcego em questão era Batman.

 Advertido de que um confronto direto com Batman seria loucura, Bane usa sua força para derrubar as paredes do Asilo Arkham e libertar os mais perigosos criminosos da cidade, entre os quais estão Coringa, Espantalho, Chapeleiro Louco, Ventríloquo, Vagalume, Grande Tubarão Branco e Zsasz. A fuga em massa do manicômio sobrecarregou Batman, levando-o à exaustão, após três meses sem descanso de recaptura dos fugitivos.

 Ao retornar à Mansão Wayne, após cumprir sua missão, Batman encontra Bane esperando-o. Ao confrontar o Homem-Morcego na Batcaverna, Bane o deixa paralítico, ao quebrar-lhe a coluna. Sem poder mover as pernas, Bruce Wayne então deixa o posto de Batman, transferindo-o para Jean-Paul Valley (também conhecido como Azrael). Utilizando um sofisticado traje de combate, ao invés do tradicional uniforme de Batman, Jean-Paul derrota Bane, danificando os tubos que lançam o Veneno na corrente sanguínea de Bane e causando-lhe uma severa síndrome de abstinência. Após ser derrotado, Bane é enviado para a Prisão Blackgate.




Circe

 Circe é uma Feiticeira-Deusa do Universo DC, ela é a maior inimiga da Mulher Maravilha e também de todas as Amazonas, Circe é responsável pelas sagas, A Guerra dos Deuses e o Ataque das Amazonas.

História

 Filha do deus Hipérion com a oceanide Perséia, ela era a famosa feiticeira que transformava homens em animais na ilha de Aeaea. Com Odisseu teve 3 filhos: Agrius, Latinus, e Telegonus. Sempre uma fiel devota da deusa Hécate, Circe ganhou os poderes dela após a deusa ter desistido do Olimpo, dadas suas humilhações perante seu ex-marido Hades, que havia tomado Perséfone. Circe ficou com o poder de Hécate e sua imortalidade, e a deusa desapareceu.
Mulher Maravilha

 O surgimento da Princesa das Amazonas abalou Circe, que temia uma profecia lançada por Hécate: "Sob a morte da bruxa e o nascimento da bruxa, Hécate, por nome e escolha, irá repossuir sua alma". Acontece que Hécate fazia parte do trio de deusas lunares juntamente com a deusa Diana (Ártemis) e a titaneida Selene; Circe achou que a Mulher Maravilha, por ter o nome de Diana, poderia tomar-lhe o poder. Desde então decidiu perseguir a heroína, atrapalhando e atormentanto a vida dela.
Liga da Justiça Sem Limites

 Seguindo as pistas informadas pelo Caçador de Marte, a fim de derrotar a Inter Gangue, eles se deparam com uma ladra comum, mais essa ladra não é o que eles pensam quando a mesma se transforma na verdadeira forma, Circe, Mulher Maravilha e Batman tentam detê-la mais Circe com seus poderes superiores logo os derrotam, transformando então a Mulher Maravilha em porca, enquanto Mulher Maravilha vive essa terrível maldição, Batman vai atrás de Zatanna para então tentar reverter o feitiço, mais Zatanna explica que seus poderes são inúteis contra a Deusa da Magia, foi aí que Batman teve uma excelente idéia, procurar Medusa a amiga de Circe.
Poderes

 Circe é uma Feiticeira-Deusa da Magia, e como tal, é imortal. Ela é capaz de transformar a realidade e de matéria através de feitiços. Entre outras coisas, ela pode alterar as mentes, o fogo destrutivo, explosões de energia mágica, criar ilusões, ressuscitar os mortos (como ela fez com a Medusa & Hipólita), teletransporte, e transformar objetos em seres. Seu movimento "assinatura" está em transformar os homens em vários animais.

 Circe também possui um espelho mágico, muitas vezes referido como o espelho da Circe, que permite que qualquer pessoa segurando-o para alterar as suas características para a de outro. É considerado um objeto proibido pelos deuses do Olimpo.




Fantasma Fidalgo

 O cavalheiro Fantasma é um personagem fictício, um supervilão, publicado pela DC Comics. Ele apareceu pela primeira vez em Flash Comics #88 (Outubro 1947), e foi criado por Robert Kanigher e Joe Kubert. Atualmente, na Panini Comics, o personagem é chamado de Fantasma Fidalgo.

Biografia

 "Cavalheiro Fantasma" Jim Craddock é filho de um senhor inglês que abandonou Jim e sua mãe, forçando-os a serem pobres. Craddock cresceu e se tornou um ladrão notório e que aterrorizou a Inglaterra no século 19. Ele viaja para os Estados Unidos e encontra os pistoleiros Nighthawk e Cinnamon. O cabeça-quente Nighthawk lincha Craddock depois de supor que ele abusou sexualmente de Cinnamon, mas de alguma forma Craddock escapa da morte e ressurgir como um fantasma.

 O Cavalheiro Fantasma descobre que deve vagar pela terra até que o espírito de seu assassino vá para o próximo plano de existência. Infelizmente, Nighthawk e Cinnamon viram a ser a reencarnação das realezas do Antigo Egito, Príncipe Khufu e Chay-Ara: suas almas (devido à sua exposição ao metal Nth Thanagar) nunca puderam realmente passar. Ambos acabam sendo ressuscitados como Gavião Negro e Mulher Gavião, e o Cavalheiro Fantasma tornou-se o inimigo número #1 deles durante a década de 1940. Craddock tem, ao longo das décadas, ameaçado outros heróis, incluindo Max Mercúrio e Stargirl, mas o Fantasma vingativo sempre retorna a seu principais adversários, os Hawks, ora como inimigo, ora como amigo.

 Cavalheiro Fantasma entrou em conflito com Batman e Superman em diferentes ocasiões. Em JSA Classified, edições de 5-7, Cavalheiro Fantasma é membro da Sociedade da Injustiça. Em Villains United #1, ele junta-se a Sociedade Secreta de Super-Vilões.

 Sua origem é explorada e alterada nas páginas da JSA #82-87 (2006). O filho natural de um pai abusivo e uma mãe pobre, o jovem Jim Craddock logo cai na vida do crime, fazendo contatos com o sobrenatural. Depois de uma cigana profetizar que ele será capaz de transcender a morte e voltar à vida lutando e matando seus inimigos em solo inglês, sua carreira de vilão é colocado ao fim quando ele é capturado e condenado à morte. Retornando como um fantasma, ele luta contra a SJA, na esperança de que a profecia se torne realidade.

 O Fantasma é visto brevemente na Crise Infinita, durante o ataque da Sociedade Secreta de Supervilões à Metropolis e suas dezenas de superpoderosos e defensores. Depois, o Fantasma torna-se envolvido em uma briga com Alan Scott. Isto acaba mal para Scott, deixando-o em coma.

 Quando chega o tempo certo, o Fantasma ganha o poder adicional de convocar os fantasmas vingativos de seus inimigos (a SJA) do passado. Seu plano é frustrado por Stargirl, que, como uma menina virgem, é impermeável aos ataques fantasmagórico, Pantera e, surpreendentemente, um descendente da Casa Real da Inglaterra. Por fim vencido, ele desaparece.

Cavalheiro Fantasma é visto como um dos vilões enviados para recuperar o cartão Saída do Inferno Grátis do Sexteto Secreto.
Poderes e Habilidades

Originalmente, o Cavalheiro Fantasma parecia contar com dispositivos para simular uma existência fantasmagórica; as histórias originais de 1940 deixaram a questão da sua natureza aberta à especulação. Mais tarde, porém, ele foi "retconado" em um verdadeiro fantasma e suas capacidades alteradas para seguir o exemplo. Como um fantasma, Craddock tem várias habilidades. Ele pode se tornar intangível e passar facilmente por meio de material sólido. Ele pode se tornar completamente invisível. Na verdade, a aparência de sua cabeça como um chapéu flutuante e um monóculo é para esconder seu rosto decomposto. Ele foi apresentado como sendo capaz de se teletransportar em uma curta distância de algumas salas ou atravessar estados. Cavalheiro Fantasma também podem invocar armas espectrais incluindo uma bengala que atira fogo espectral e pistolas de pederneira. Na forma fantasmagórica de Craddock, as pessoas às vezes sentem um certa sensação de frio. Quando isso não acontece, parece que ele controla esse efeito. Craddock pode aparentemente localizar energia psiônica e viajar através das dimensões como ele fez quando seguiu uma corrente astral de Wizard para Johnny Sorrow. Em certas ocasiões, a maioria das manifestações de suas habilidades como teletransporte e mutação são acompanhadas por um brilho roxo de energia espectral ou uma névoa transparente (cortesia possivelmente de diferentes desenhistas). Na época do seu retorno a vida, ele ganha o poder de convocar e controlar os espíritos dos mortos.

O Cavalheiro Fantasma é aparentemente incapaz de tocar ou ser tocado por virgens. Isto é confirmado por sua incapacidade de fazer mal a Stargirl e Jakeem Trovão. No entanto, ele pode pegar uma arma real e ser capaz de prejudicá-los, como quando ele manipulava o Bastão Cósmico.

Como um ser sobrenatural, Cavalheiro Fantasma não pode ser morto e é muito difícil de sentir dor. Entretanto, aquele com sangue real pode prejudicá-lo fisicamente e, quando inconscientes, a energia lhe provocar dor. Qualquer arma de metal enésimo também pode causar danos ao Cavalheiro Fantasma como fantasmas não podem passar por isso.

No episódio "O Renascer de um Homem Morto" de Batman: Os Bravos e Destemidos, é mostrado que, se ele for atingido por um metal Nth, ele momentaneamente mostra sua verdadeira forma, uma versão deteriorada de si com terno preto e chapéu. Como é mostrado no mesmo episódio, que outros fantasmas podem lhe causar dor, como Homem Morto. É mostrado também que, se ele está sério, ele permanece em sua forma preta. Além disso, apesar do fato de que ele é facilmente derrotado por Batman durante os primeiros episódios, Cavalheiro Fantasma, posteriormente, demonstra ser um hábil combatente corpo-a-corpo/marcial, como mostrado por exemplo, quando ele simultaneamente luta com Batman e Homem Morto. Sua versão heróica da Terra-Três inverte seu esquema de cores, aparecendo como um fantasma com um terno preto e chapéu e fica branco quando atingido.




Banshee Prateada

 Banshee Prateada (Silver Banshee em inglês) é uma personagem fictícia, pertencente à DC Comics e parte da galeria de vilões de Superman.
História

 Siobhan McDougal foi a primogênita de Garrett McDougal, patriarca de um clã da Gália, que ocupou uma ilha entre a Escócia e a Irlanda por gerações. Todos os primogênitos eram obrigados a passar por um ritual, para se provarem merecedores e capazes de liderar o clã pela próxima geração. Durante a sua juventude, Siobhan viajou pelo mundo, só retornando à sua terra natal ao saber do falecimento de seu pai. Seu tio, Seamus, não estava disposto à deixar uma mulher liderar o clã, e queria forçar Bevan, o irmão mais novo de Siobhan, como o novo líder. Mesmo contrariada, Siobhan deu prosseguimento, sozinha, ao ritual. Durante o ritual, ela deveria invocar forças sobrenaturais, que lhe concederiam o poder necessário. Bevan, entretanto, interrompeu a cerimônia, para desastroso resultado: Siobhan, ao ser distraída, acabou sendo tragada para um submundo infernal pelas forças que havia conjurado.

 Uma entidade lhe concedeu poderes sobre-humanos e a capacidade de retornar à Terra como a Banshee Prateada. Em troca, Siobhan deveria pagá-la entregando um livro secreto, que pertencia ao seu pai. Ao descobrir que a coleção de livros de seu pai havia sido vendida para um comprador nos Estados Unidos, Banshee se dirigiu ao pai. Uma vez lá, sua busca lhe levou à cidade de Metrópolis, onde atraiu a atenção de Superman após sua busca começar a resultar nas mortes de qualquer pessoa que ficasse em seu caminho. Ao perceber que era incapaz de derrotá-lo, ela bateu em retirada, retornando à Metrópolis em duas oportunidades posteriores, sempre sem sucesso.

 Batman, posteriormente, foi capaz de localizar o livro entre uma série de mercadorias roubadas em Gotham City, entregando-o a Superman, que levou o livro ao Castelo Broen, onde vivia a família McDougal. Após ser confrontado pela Banshee Prateada, a entidade que concedeu poderes a ela surgiu, e, após proferir um enigmático aviso a Superman, tragou para as profundezas infernais onde vivia tanto a Banshee Prateada quanto seu tio Seamus e seu irmão Bevan.

 Quando o rio Styx desaguou sobre a cidade de Leesburg, Linda Lee, a Supergirl da época, resgatou a Banshee Prateada dos domínios de Satanus, um dos demônios fictícios que regem o inferno do Universo DC. Após um espanto inicial, Banshee eventualmente retornaria ao seu estado psicótico, possuindo Mattie, uma amiga de Supergirl, e perpetrando um feroz ataque contra a população da cidade. A personalidade de Mattie motivou a Banshee Prateada à perseguir Gerald McFee, responsável pela morte de seu irmão durante o evento Final Night. Supergirl foi bem sucedida em deter Banshee e separá-la de Mattie.

Poderes e Habilidades

 Banshee Prateada é dotada da força de dez homens, agilidade e velocidade sobre-humanas, além de ser muito resistente à ataques físicos. Possui a capacidade de se teletransportar. Seu mais perigoso e marcante poder é, com certeza, o uivo da Banshee, que permite matar no grito qualquer pessoa próxima que ela veja. Pessoas mortas por este poder tornam-se cadáveres dissecados. Superman foi afetado por este poder em seu primeiro confronto com Banshee, mas ficou num estado de semimorte. O mundo até mesmo chegou a lamentar a perda de seu maior herói (mesmos assuntos que foram melhor explorados e detalhados anos depois, quando Apocalipse matou Superman em A Morte do Superman: multidões no funeral, Luthor se maldizendo por não ter sido ele o assassino, etc.) Superman, no entanto, reviveu e foi no encalço de Banshee. Desta vez ele se disfarçou de Batman, e o poder não foi capaz de afetá-lo. Das duas uma: ou o poder não pode afetar uma mesma pessoa duas vezes, ou ele não afeta pessoas que não se saiba a verdadeira identidade.

Liga da Justiça Sem Limites

 Fora dos quadrinhos, a Banshee Prateada participou de dois episódios da série animada Liga da Justiça Sem Limites. No primeiro, Chaos At Earth's Core, ela aparece ao lado de Metallo em Skartaris, tendo como objetivo capturar uma pedra de kryptonita que se encontrava na ilha. No episódio, ela é derrotada pelo Lanterna Verde.




Pistoleiro

O Pistoleiro é destaque na história em quadrinhos Crise Infinita, na subtrama Vilões Unidos.

 Com roteiros de Gail Simone e arte de Dale Eaglesham e Val Semeiks, Vilões Unidos é uma mini-série em seis edições e faz parte do evento Contagem Regressiva para a Crise Infinita, e mostra os vilões do Universo DC unidos contra os heróis em retaliação aos eventos de Crise de Identidade, quando a Liga da Justiça fez lavagem cerebral no Doutor Luz e outros personagens. Formam, assim, a nova Sociedade Secreta de Super-Vilões, com Lex Luthor no comando.






Trapaceiro 

 o Trapaceiro é um vilão do The flash, que decidiu abandonar a carreira de super-vilão e foi trabalhar para o governo, o jovem Axel Walker, roubou alguns dos truques, armas e uniformes de James e começou a usá-los como o novo Trapaceiro, trabalhando para Forja. Quando Forja foi derrotada, Axel foi convidado por Capitão Frio para integrar a Galeria de Vilões, e o jovem aceitou.

 Quando o vilão Pião retornou, o Trapaceiro original, sob sua influência, voltou a ser vilão e jogou Axel em um latão de lixo, e seus objetos roubados foram pegos de volta. Quando Jesse foi assassinado pelo Pistoleiro, Axel voltou a assumir a identidade de Trapaceiro e, junto à Galeria de Vilões, assassinaram Inércia e enfrentaram Lanternas Negros durante a Noite Mais Densa. Atualmente, os membros da Galeria enfrentam Barry Allen, que retornou.

Poderes & Habilidades

O Trapaceiro possui vários artefatos que utiliza como armas e como meio de fuga. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário